Negócios

Energia Solar: Dificuldades para expansão no Brasil

A opção de ter uma fonte de energia renovável é benéfico para o meio ambiente e para economia dos cidadãos, no entanto, a energia solar ainda enfrenta dificuldade para expansão no Brasil.

Em 2017, nosso país recebeu a inauguração de dois grandes empreendimentos no segmento de energia solar, que foram considerados os maiores da América Latina. Um deles foi realizado em Minas Gerais e outro no Piauí, locais em que empresas estrangeiras conquistaram o direito de operar e implementar usinas, após o vencimento de um leilão que foi promovido pela Agência Nacional de Energia Elétrica.

No início de 2018, a Associação Brasileira de Energia Solar fotovoltaica, fez o anúncio informando que o Brasil havia batido o recorde, sendo 1 gigawatt da capacidade que havia sido instalada nos projetos da fonte renovável de energia que estava em operação.

Segundo o órgão, somente 30 países ao redor do mundo conseguiram atingir esse volume, o que implica na capacidade de fornecer energia para cerca de 500 mil residências por ano.

Essa conquista sugere que o país estaria prosperando no segmento de energia solar, depois de anos que estava sendo discutida junto à eólica, como se fosse secundária e extravagante. No entanto, em 2015, pesquisas revelaram que apenas 0,01% estava sendo gerada no Brasil.

De acordo com o Doutor em política energética formado pela Universidade de Londres e atual professor na UFBA (Universidade federal da Bahia), Nexo Osvaldo Solino, “é notável que há um crescimento na produção de energia solar aqui no país, pois o contexto é favorável, principalmente para o governo que tenta se afastar das hidrelétricas, uma vez que foi assinado o acordo com 195 países para que sejam implementadas atitudes que diminuam a emissão de gases poluentes que implicam no aquecimento global”.

O professor ainda disse que as empresas estrangeiras tendem a dominar os maiores projetos, uma vez que já estão operando em grande escala internacionalmente e possuem acordos longos que permitem alcançar o melhor valor para gerar a energia diante de seus concorrentes. Como podemos observar, ainda há o desafio de implantação e demanda pela fonte de energia no país.

Potencial Solar

O espaço no Brasil para implantar o setor é enorme, devido a irradiação solar que temos aqui, a qual só perdemos para a Austrália ao redor do mundo.

Se compararmos com a Alemanha, que é um país considerado referência no incentivo a energia solar, nosso país tem uma vantagem, pois a Alemanha tem baixos índices de radiação durante o ano, sendo que no Paraná, local em que temos o pior sol, é na verdade o sol do ano no país Europeu.

Atraso

Por mais que tenhamos alguma vantagem, ainda há atrasos, pois o Brasil está há 15 anos atrasado no setor de energia solar em relação aos demais países do mundo que adotaram essa fonte de energia. Por mais que tenha sido inaugurado um programa para energia solar em 2012, somente em 2014 que foi iniciado o primeiro leilão para estimular a iniciativa de geração fotovoltaica.

Previous Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply